BRAFER Construções Metálicas S/A

O seu navegador é muito antigo para visualizar o site.
Atualize-o escolhendo uma das opções abaixo:

Google Chorme Mozilla Firefox

Brafer

História

Uma empresa que nasceu para o sucesso.

Iniciando suas atividades em 1976, a Brafer surgiu como um escritório de projetos de estruturas metálicas, a partir do sonho do engenheiro Marino Garofani, presidente da empresa até hoje. No ano seguinte à sua fundação, a Brafer já começava a fabricar suas primeiras estruturas.

No início eram realizadas pequenas obras, como coberturas e pavilhões industriais. Em seguida, vieram os grandes trabalhos, como a ponte sobre o rio Piquiri, com vão livre de 60 metros e 200 toneladas de peso, fabricada e montada pela Brafer em 1979, em um projeto que se destacou por utilizar a tecnologia mais avançada disponível na época.

Em 1980, o galpão alugado da Brafer já não era mais suficiente para armazenar os estoques de fábrica. Assim, a empresa mudou-se para uma sede própria em Araucária, município próximo a Curitiba, que contempla um amplo terreno com fácil acesso às principais rodovias, onde se encontra até hoje.

A Brafer Hoje

Com uma trajetória de sucesso de quase 40 anos, a Brafer tem sua sede instalada em Araucária desde 1980, em uma área de 130 mil m². Em 2007, uma nova fábrica de 73 mil m² no Rio de Janeiro foi inaugurada.

Com um dos parques fabris mais bem equipados da América do Sul, maquinário moderno e eletronicamente integrado, nossas instalações têm capacidade nominal de produção de 4.000 toneladas mensais.

Com décadas de experiência e uma equipe de sólidos conhecimentos, a Brafer está preparada para fornecer soluções que vão do cálculo, passando pelo projeto 3D e a fabricação, até a pintura e galvanização a fogo. A montagem das estruturas em campo também é gerenciada pela mesma equipe, trazendo grande comodidade e eficiência na execução de projetos.

A Brafer é uma empresa de grande porte com agilidade na gestão e tomada de decisão, pois tem uma equipe de alta gestão enxuta, que está ligada diretamente a todos os empreendimentos da empresa. Além disso, tem uma equipe formada por profissionais altamente capacitados, que dispõem de tecnologia e equipamentos modernos.

Nossas atividades comerciais estão centralizadas em São Paulo, além de contarmos com representantes no Chile, Paraguai e Uruguai.

A Brafer está presente com suas obras, em todos os estados do Brasil, no Chile, Uruguai, Paraguai, Canadá, EUA e Angola, fornecendo e montando estruturas. Em toda parte, nosso objetivo é o mesmo: aprimorar a qualidade das atividades, visando a total satisfação de nossos clientes.

Certificações

SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA

 

Qualidade na prática.

Certificação - Sistema de Gestão Integrada

Atestando nossa dedicação em ter um processo que contempla diversos níveis de excelência alinhada ao contexto atual, a Brafer é certificada no Sistema de Gestão Integrada - SGI.

 O SGI compreende além da Norma ISO 9001 - Qualidade, a Norma ISO 14001 - Meio Ambiente e a Norma OHSAS 18001 - Saúde e Segurança do Trabalho. Recentemente, os certificados foram renovados e têm validade internacional até 2016.

Isto significa que o cliente da Brafer pode ter a certeza que recebe estruturas de qualidade comprovada, fabricadas por colaboradores que atuam com segurança em todas as etapas de um processo ambientalmente correto.

 

Política integrada de qualidade, saúde, meio ambiente e segurança no trabalho.

 A política do Sistema de Gestão Integrada da Brafer norteia as ações e preocupações de todos os departamentos quanto as melhores práticas e processos de Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança – adequando-se às normas dos sistemas ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001.

Além de retratar a preocupação da Brafer em atender regulamentações governamentais e certificações mundiais, também é uma diretriz para programas e condutas da companhia em suas relações com funcionários, clientes, fornecedores e comunidade.

 

Conheça nossa política de Gestão Integrada:

 A Brafer Construções Metálicas, empresa fabricante e montadora de estruturas metálicas, adota em suas unidades industriais e seus canteiros de obra, a seguinte política de gestão integrada:

- Promover a melhoria contínua da qualidade e da produtividade nos seus processos, produtos, serviços e sistema de gestão integrado, visando oferecer ao mercado soluções competitivas e tecnologicamente atualizadas, buscando a satisfação dos seus clientes e o atendimento às metas definidas por seus gestores;

- Cumprir a legislação vigente aplicável às atividades da empresa, os compromissos contratuais firmados e a sua regulamentação interna;

- Garantir a saúde e a segurança dos seus funcionários, terceirizados e visitantes, por meio da prevenção e minimização dos riscos no ambiente de trabalho;

- Prevenir, no âmbito da sua área de influência, a poluição ambiental e a degradação do meio ambiente, através do gerenciamento dos processos e dos impactos ambientais associados às suas atividades.

Capital Humano

A Brafer tem como principal foco a sua equipe, que também é seu diferencial. Em todas as áreas da empresa, trabalhamos com pessoas que mostram seu profissionalismo e dedicação todos os dias.

Para manter a alta qualidade e a motivação dos funcionários, temos uma política de reinvestimento contínuo na produção, treinamento e aperfeiçoamento de todos, como também o monitoramento do clima organizacional.

Hoje, somos cerca de 1.500 colaboradores, distribuídos entre as fábricas de Araucária e Rio de Janeiro, seu escritório comercial em São Paulo e em diversas obras onde são realizadas as montagens de estruturas metálicas.

Sociedade e Meio Ambiente

MEIO AMBIENTE

A consciência ambiental da Brafer começa por sua principal matéria-prima: o aço. Além de durável, ele é reciclável, substituindo o uso da madeira na construção civil.

A Brafer procura contribuir com a preservação do meio ambiente através de processos que aumentam ainda mais a durabilidade do aço, programas de redução de sucata e gestão de resíduos, monitoramento de emissão de gases do efeito estufa e tratamento de efluentes.

Atestando nosso compromisso de reduzir o impacto de nossas atividades, a empresa é certificada pela Norma ISO 14001. A normativa garante a gestão eficaz dos assuntos ambientais, em um sistema que prioriza o gerenciamento de impactos ambientais, atendendo a requisitos legais e conscientizando cada colaborador da empresa.

Além de todas as ações tomadas em nossa rotina, em 2009, uma área de preservação ambiental, que abrange 20 hectares de mata nativa, passou a integrar nosso patrimônio. Registrada no Instituto Ambiental do Paraná (IAP), a mata está localizada nos arredores da região metropolitana de Curitiba.

Em sua extensão foi identificada uma grande riqueza de flora e fauna. Entre a lista de espécies de árvores estão exemplares de Imbuia, Canela, Sassafrás, Jacarandá, Caviúna e Monjoleiro, além de mais de setecentos pinheiros Araucária.

 

SOCIEDADE

A Brafer tem tradição em colaborar com projetos de cunho social. Em seus quase 40 anos de história, são diversas as instituições que contaram com o nosso apoio para a manutenção ou otimização de suas atividades.

Instituições como a APAE de Araucária, o Hospital Pequeno Príncipe, o Hospital Erasto Gaertner, o Instituto Pró-Renal, o Instituição Pequeno Cotolengo e a Associação Junior Achievement são algumas que contam com a colaboração da empresa ao longo dos anos - tanto em recursos diversos quanto na dedicação de seus colaboradores, que se envolvem em atividades de voluntariado.

Saiba Mais

Engenharia e Detalhamento

Na área de engenharia e detalhamento da Brafer, acontecem as atividades de cálculo e detalhamento de estruturas metálicas em geral.

Para o dimensionamento das estruturas metálicas são utilizadas normas brasileiras (NBR 8800:2008, NBR 14762:2010, NBR 6123:1990, NBR 6120:1980, etc.) e/ou normas americanas (ANSI/AISC 360-10, ASCE 7, ANSI/AISI S100:2007, AISE Nº 13), de acordo com a especificação do cliente.

Na ocorrência de eventuais picos de demanda nas atividades de cálculo e detalhamento, a Brafer possui parceria com escritórios conceituados de projetos. Estes escritórios são qualificados e avaliados periodicamente para garantir a qualidade dos serviços prestados.

 

Engenharia:

Com engenheiros exclusivamente dedicados ao cálculo e com capacidade de produção de 1200ton/mês, as atividades do setor compreendem o dimensionamento das estruturas metálicas, o cálculo de suas ligações e a execução do projeto, além da elaboração de orçamentos e do apoio aos setores de fabricação e de montagem.

 O setor possui 3 licenças do SAP 2000 (versão 16) e inúmeras planilhas eletrônicas desenvolvidas nos softwares Excel e Mathcad para cálculo de ligações e dimensionamento de peças específicas (vigas de rolamento, terças de cobertura, etc.).

 

Detalhamento

A equipe de detalhamento da Brafer é composta de 34 colaboradores, diversos com mais de 20 anos de experiência em estrutura metálica.

Para produzir mais de 5000 ton/mês (2500 internas e 2500 terceirizadas) a equipe conta com 26 licenças do software Tekla e 10 licenças do Tecnometal.

Saiba Mais

Fabricação

Nas duas plantas da Brafer – uma em Araucária-PR e outra no Rio de Janeiro-RJ, fabricamos estruturas metálicas utilizando as mais recentes tecnologias do mercado, tanto no gerenciamento de produção quanto na parte operacional. Somando as duas unidades, a capacidade média de produção da Brafer é de 4000 toneladas mensais.

Para gerenciar a produção utilizamos um software especialmente desenvolvido para metalúrgicas. O sistema integra todas as etapas de execução do projeto, do planejamento até o embarque, garantindo o rastreamento de 100% dos materiais utilizados em cada peça e permitindo o monitoramento em tempo real do status de cada empreendimento.

Nossos setores fabris estão preparados para fabricar peças de 1 kg até 100 toneladas com equipamentos modernos e seguros para a movimentação dos materiais, com pontes rolantes com capacidade de até 100 toneladas.

O corte dos materiais é 99% realizado em máquinas CNC equipadas com plasma de alta definição, o que garante a perfeita geometria e acabamento, dentro de rigorosas tolerâncias de fabricação. As máquinas dispõem de corte a plasma e oxicorte com capacidade de até 4” (100 mm) de espessura e as furações são realizadas com brocas especiais de alto desempenho.

A conformação dos materiais é realizada internamente em dobradeiras de 800 toneladas, nas mais variadas seções e, posteriormente, os perfis dobrados são furados e gravados em máquinas CNC.

A montagem e soldagem na Brafer é realizada por soldadores qualificados na norma AWB, e nas normas certificadoras offshore ABS e DNV. Essa equipe dispõe de máquinas mig/mag, arame tubular, eletrodo revestido, arco submerso e soldagem por eletrofusão.

Além disso, possuímos uma linha para fabricação de torres de transmissão, subestações e telefonia móvel com capacidade para 900 toneladas equipada com diversas máquinas para corte de cantoneiras CNC com capacidade para L 8” x ¾”. Para este tipo de contrato existe uma área provida de uma grua para a realização de pré-montagens na validação do projeto.

A soma destes requisitos faz da Brafer uma empresa moderna, com produtos de alta qualidade e alinhada com as expectativas dos nossos clientes.

 

Fábrica de Perfis Soldados

Com uma capacidade de produção de 900 toneladas/mês, na fábrica de Perfis Soldados da Brafer todas as chapas são preparadas para o corte (oxicorte), através de jateamento com jato automático, para que o corte seja perfeito. O jateamento também é necessário para evitar descontinuidades no processo de soldagem com arco submerso (SAW).

A montagem dos perfis é realizada em um banco com capacidade para perfis de até 2500 mm de altura e 700 mm de largura, com peso máximo de 20 toneladas.

O processo de soldagem por arco submerso é muito eficiente, dependendo das especificações do cliente é realizado soldagem de penetração total e de filete. Todos os perfis são desempenados em uma máquina específica, após o desempeno é realizado o processo de inspeção nos perfis, conforme a norma NBR 5884.

Equipamentos que estão envolvidos no processo:

- Jato Automático (granalha) Sinto. (1x)
- Banco de Oxicorte . (1x)
- Equipamento de Soldagem por arco submerso. (2x)

 

Corte e Furação

Além da fábrica de perfis, o setor possui uma moderna e completa linha de usinagem CNC que atende o processo de corte, furação, gravação e recortes em barras de perfis laminados e soldados com dimensões de até 1200x600x15000 e peso total de 4500 kg por peça processada.

Nas máquinas, as peças são produzidas automaticamente, com um sistema de medição através de pinça com servomotor para medições com tolerâncias muito exigentes.

As furadeiras contam com 3 linhas de brocas posicionadas para efetuar furos de até 40 mm nas abas e almas das vigas I, H, PS,U, cantoneiras, chapas, tubos quadrados e retangulares.

As brocas utilizadas podem ser de aço estrutural rápido ou broca de metal duro que permite furação com avanços maiores. Os recursos computacionais são integrados com a Engenharia e Planejamento através do software de gerenciamento que alia a produtividade e precisão garantindo a qualidade do produto.

O setor ainda conta com o processo de acabamento e inspeção final das peças a serem expedidas, sendo as demais autoinspecionadas durante o processo de fabricação pelos operadores devidamente capacitados para a tarefa.

Capacidade de Produção : 1200 toneladas por mês.

Equipamentos que estão envolvidos no processo:

-Serra (2x)
-Furadeira (2x)
-Furadeira e Serra (1x)
-Robot  (corte e recorte) (1x)

Saiba Mais

Jato e Pintura

Jato

Nas áreas de jato dispomos, ao todo, de 4 cabines, com recolhimento automático do abrasivo e comando individual dos bicos, além de 2 máquinas de jato automático com 10 turbinas, permitindo jato de peças de grande porte, com produção média de 47.000 metros² de área mês.

Um total de 10 pontes rolantes, com capacidade de até 40 toneladas, está disponível na área do jato.

Os testes de controle de qualidade realizados nos processos de jato são:

  • Padrão comparativo de jato ISO-8501-1:2007.
  • Ensaio de teor de cloretos no abrasivo conforme ASTM D 4940.
  • Ensaio de Poeira (Dust Test) ISO-8502-3.
  • Ensaio de Bresle, análise de cloretos na superfície, conforme ISO-8502-6 e 9.

 

Pintura

Uma ampla área está preparada para que sejam executados os serviços de pintura de peças na Brafer. São 6 barracões de pintura com sistema de aquecimento no piso e 4 áreas auxiliares de pintura, equipadas com 12 pontes e 3 pórticos rolantes, gerando um total de 2.700 toneladas ou 90.000 metros² de pintura/mês.

Temos um inspetor de pintura qualificado N1 e em qualificação para N2 à disposição.

Os equipamentos utilizados compreendem pistolas de pintura com sistema gravitacional, sistema airless, airless-assistido e tanques de pressão com agitador automático.

Os equipamentos e testes realizados para controle de qualidade da pintura são:

  • Medidor de película úmida.
  • Medidor de película seca.
  • Termo higrômetro.
  • Termômetro de contato.
  • Teste de aderência por fita, conforme ABNT NBR 11003.
  • Teste de aderência por tração Pull-Off, conforme ASTM 4541 Tipo IV.
  • Teste de aderência por tração Pull-Off, conforme ASTM 4541 tipo V.
Saiba Mais

Galvanização

A Brafer oferece um processo de galvanização a fogo com a mais avançada tecnologia do mercado numa planta industrial de 2000 metros².

O objetivo principal da galvanização a fogo é propiciar ao metal-base uma proteção adequada contra a corrosão.

Nossa capacidade produtiva é de 1700 ton/mês, e é possível galvanizar peças de até 12 metros de comprimento, com altura de 0,50m e peso de 4 toneladas.

Após passar por um processo de preparação que consiste em 11 tanques de tratamento, a peça é imersa em uma cuba contendo zinco derretido a 460ºC, que mede 9,00m de comprimento x 1,50m de profundidade x 1,00m de largura.

Além disso, dispomos de 4 pistolas de metalização Metco para acabamentos, balança rodoviária com capacidade para 80 tons e duas balanças suspensas utilizadas no apontamento da produção.

Nosso laboratório de testes dimensiona a resistência da zincagem a fogo sobre o aço sob as mais diferentes condições de ambiente.

Os serviços de galvanização a fogo da Brafer são aferidos de acordo com as condições e normas da ABNT.

Saiba Mais

Qualidade

A Gerência da Qualidade é um setor composto por uma equipe altamente capacitada e equipado com instrumentos de última geração. Além da formação técnica, a maioria dos profissionais é certificada por organismos do Sistema Nacional de Certificação (SNQC). Os instrumentos são 100% calibrados e de primeira linha, rastreáveis pela Rede Brasileira de Calibração (RBC).

As atividades desenvolvidas pela equipe são os ensaios dimensionais, ensaios não-destrutivos de soldagem, como por exemplo: visual de solda, partículas magnéticas, líquido penetrante e ultrassom. Além disso, também é executado o ensaio visual final após a pintura.

O setor tem como atividade principal o monitoramento dos processos fabris e do atendimento aos requisitos do cliente, interagindo diretamente no chão de fábrica e com as chefias, garantindo a conformidade das estruturas fabricadas. Nossos processos de controle de qualidade são assegurados e aprovados por empresas certificadoras internacionais como ABS e DNV, atuando em projetos de construção de navios FPSO.

Todos os documentos, registros, certificados de calibração dos instrumentos (usados nos setores fabris) e relatórios gerados no processo produtivo são reunidos e organizados no Data-Book que é entregue ao cliente ao final da fabricação das estruturas em cópia física e/ou eletrônica, conforme requisitos contratuais e normas aplicáveis.

Saiba Mais

Expedição

A expedição é o setor responsável pela logística interna de produtos em processo e envio das peças ao destino final/cliente.

O setor possui etiquetas com identificação através de código de barras, o que permite o apontamento de processos e elaboração de romaneios, tornando as peças rastreáveis e o procedimento bastante ágil.

Entre seus equipamentos estão: guinchos, tratores, semi-reboques, empilhadeiras, caminhões munck e semi-pórticos que movimentam um volume de até 4000 toneladas de estruturas por mês.

Saiba Mais

Montagem

Com know-how de 38 anos, a divisão de montagens da Brafer computa mais de 100.000 toneladas de estruturas metálicas montadas nos últimos 6 anos. As estruturas são montadas com equipamentos próprios, como guindastes, plataformas elevatórias, caminhões munck e temos à disposição equipamentos de empresas parceiras, se caso for necessário.

A experiente equipe de engenheiros e técnicos do setor, tem um histórico de montagens espalhadas pelo Brasil e diversos outros países, como Uruguai, Venezuela, Chile, Canadá, Estados Unidos e Angola.

A diversidade de empreendimentos montados em campo é grande: estádios, plantas de papel e celulose, siderúrgicas, galpões industriais, edifícios de múltiplos andares, pontes, viadutos, torres e projetos especiais constam no portfólio da nossa divisão de montagens.

Trabalhe Conosco

trabalhe-conosco

Contato

Araucária - Sede e Fábrica 1

Av. das Araucárias, 40 - CIAR
83707-642 - Araucária - PR - Brasil
55 41 3641 - 4600 | Fax 55 41 3641 - 4615
brafer@brafer.com

 

Rio de Janeiro - Fábrica 2

Av. Brasil, 49691 - Campo Grande
23065-480 - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
55 21 3218 - 3600 | Fax 55 21 3218 - 3602
fabrica.rio@brafer.com

 

São Paulo - Escritório Comercial

Rua do Rocio, 288, cj.83 - Vila Olímpia
04552-000 - São Paulo - SP - Brasil
55 11 3336 - 5600 | Fax 55 11 3336 - 5624
comercialsp@brafer.com

Oil & Gas

Com seu excelente parte industrial e conhecimento na área de estruturas metálicas, a Brafer também atua no mercado de Óleo e Gás.
A Brafer mantém a mesma qualidade e excelência para atender o mercado de Óleo e Gás, contando com uma equipe especializada na comercialização e fabricação de estruturas para esse empreendimento.

A divisão Óleo e Gás da Brafer, instalada em sua fábrica do Rio de Janeiro, visa atender a demanda do mercado na fabricação de estruturas offshore, equipamentos e pré-fabricação de tubulação (spools).
Em uma área industrial de 27.000 m², pontes rolantes com capacidade para até 100 toneladas, a Brafer está apta a atender os mais altos níveis de exigência de projeto, com uma equipe altamente especializada, diversificada cadeia de fornecedores e parceiros, oferecendo soluções integradas aos seus clientes.
Devido a sua ampla capacidade fabril, a divisão Óleo e Gás pode também atender ao mercado na fabricação de perfis soldados, em função do seu amplo estoque de matéria-prima, beneficiando o aço com atividades envolvendo o corte, furação, pintura e galvanização sob encomenda.

Saiba Mais

Perfis Soldados

Os perfis são fabricados a partir de tiras de chapas, são montados por máquinas automáticas e soldados pelo processo de “arco submerso”.
Os perfis podem ser fabricados com solda de filete, solda de penetração parcial ou total, ou de acordo com especificação do cliente.
A Brafer fabrica perfis soldados com dimensões com altura de 250 a 3.000mm e largura de 120 a 1.000mm e comprimento normal de 12.000mm ou sob medida. Também ser fornecidos perfis com seção assimétrica ou seção tipo “caixão”.

TABELAS: 

icon_tabela Perfil VSM

icon_tabela Perfil CS

icon_tabela Perfil CVS

icon_tabela Perfil VS

 

Saiba Mais

Perfis Cortados e Furados

O Centro de Serviços Brafer processa perfis soldados, laminados com seção “I”, “W”, perfis “U”, tubos quadrados e retangulares e outros, executando furos, cortes e recortes, em conformidade com a solicitação do cliente.
Os equipamentos de corte, furos a broca ou puncionados, são totalmente automáticos, controlados por computador e são programados para executar as operações de acordo com informações recebidas para cada trabalho.
Para isso basta fornecer a lista das peças, croquis com os dados necessários, de preferência em arquivos CAM, e o Centro de Serviços Brafer entregará as peças em curto prazo.

Saiba Mais

Tubos

O Centro de Serviço Brafer está equipado com uma máquina automática, programável, que executa cortes e chanfros com plasma ou oxicorte.
São processados tubos com seção circular, com diâmetro de até 800mm e espessura de 50mm, cortados em corte reto, em ângulo e em “boca de lobo”.
É só enviar o desenho dos cortes ou os arquivos CAM.

Saiba Mais

Pintura

O Centro de Serviços está capacitado a executar tratamento superficial de peças de aço-carbono com processo de jateamento abrasivo e aplicação de pinturas anticorrosivas.
O jateamento abrasivo é executado por linha automática ou em cabine com jatos operados manualmente, dependendo das dimensões e geometria das peças.
Na linha automática são jateadas peças com largura de 1500mm e altura de até 2500mm enquanto nas cabines podem ser processadas peças maiores e mais pesadas.
As camadas de pintura de fundo e acabamento são aplicadas com equipamentos a pistola de ar comprimidos ou equipamentos air-less.

Saiba Mais

Galvanização a Fogo (Hot Dip Galvanizing)

O processo de proteção contra a corrosão por galvanização consiste na imersão da peça de aço em uma cuba com zinco liquido em estado de fusão a 360 graus.
No processo a peça de aço é revestida com uma camada de zinco que a protege da corrosão e garante a sua estética e funcionalidade por décadas.
A planta de galvanização da Brafer pode zincar peças de até 9m de comprimento e com peso de até 4000 kg. Pode zincar peças maiores fazendo duas imersões.
Antes da zincagem a peça é tratada numa linha de preparação e passa por processo de desengraxe e decapagem em ácido, eliminando óleos, sujeira e óxidos e a torna apta a receber a camada de zinco.

Torres

A Brafer também atua no segmento de torres para linhas de transmissão de energia elétrica e telecomunicações.
O maquinário utiliza os mais avançados sistemas de integração projeto-produto e equipamentos automatizados. A Brafer garante precisão, uniformidade, qualidade e tempo reduzido na fabricação, pré-montagem, galvanização e expedição de torres.

Galvanização

A Brafer também disponibiliza sua planta de galvanização a fogo para serviços terceirizados.

Oferecemos um processo de galvanização com a mais avançada tecnologia do mercado, com uma capacidade produtiva de 1700 ton/mês, além de dispormos de 4 pistolas de metalização metco para acabamentos.

 

Entrar em contato com um representante. Portfolio

Saiba Mais

Hotel Ibis Maringá e Foz do Iguaçu – PR

A Brafer foi contratada pela Accor para fabricar e montar os edifícios das franquias de Maringá e Foz do Iguaçu.
O Ibis Maringá possui dois subsolos e dez pavimentos, o fornecimento total foi de 280 toneladas.
O Ibis Foz do Iguaçu, possui oito pavimentos e 260 toneladas de estruturas metálicas. A cobertura do restaurante também foi feita com estrutura metálica.

Saiba Mais

Universidade Anhembi-Morumbi

Estruturas feitas para o novo prédio da universidade, localizada em São Paulo, capital. Foram fabricadas e montadas pela Brafer 1.000 toneladas no edifício de 11 pavimentos, montado em uma região central da cidade.

Saiba Mais

Termopernambuco - UTE

A Brafer foi contratada para fornecer e montar 2.000 toneladas de estruturas metálicas para o Edifício de Turbina e painéis de isolamento termoacústico da Usina Termoelétrica de Pernambuco, no município de Saupe.

Saiba Mais

Usina Termoelétrica Norte Fluminense

A Brafer foi contratada para fornecer 1.500 toneladas de estruturas metálicas de pipe-rack, para a Usina Termoelétrica a gás, localizada em Macaé, Rio de Janeiro.

Saiba Mais

Arena Deodoro

A Brafer foi contratada para detalhar, fabricar e montar aproximadamente 2.500 toneladas do Complexo Deodoro, que contempla as arquibancadas para os jogos de hóquei, arquibancada para os duelos de esgrima, passarela dos slalons para canoagem, estandes para competição de tiros e rampas de BMX.
Durante a montagem, a obra teve suas particularidades, como a composição das tesouras tubulares de cobertura das arquibancadas, que mediam 70 metros e pesavam aproximadamente 40 toneladas cada, e para içamento foram necessários dois guindastes de 120 toneladas. Essas foram fabricadas em partes, pré-montadas e soldadas na obra, para então serem içadas.
O Complexo Deodoro também é um cartão de visitas da Brafer para as Olimpíadas de 2016.

Saiba Mais

Arena do Corinthians

A Brafer foi contratada pela CNO para detalhar, fabricar, pintar e montar as estruturas metálicas para a Arena Corinthians. Em consórcio com outra fornecedora de estruturas, a Brafer fabricou 5.000 toneladas, incluindo tubos de aço quadrados e retangulares.
A montagem do estádio, 100% de responsabilidade da Brafer, tratou-se de um desafio à parte. O projeto – inovador e arrojado – tem vãos livres de 180 metros e balanços de 60 metros. A estrutura, além de suas dimensões colossais, não possui juntas de dilatação, foi composta por tesouras, vigas e contraventamentos, constituindo-se em um conjunto treliçado único e contínuo, sua estabilidade só se completou, depois de todos os seus elementos totalmente montados. Toda essa estrutura está apoiada em colunas rotuladas, em todos os sentidos e também em ambas as extremidades.
Durante a montagem, a estrutura foi estabilizada por contraventamentos e apoios provisórios especialmente projetados para esta finalidade. Além disso, devido às dimensões incomuns dos conjuntos estruturais, as tesouras, por exemplo, têm um comprimento de 80 metros e altura de 12 metros, para tanto tornou-se necessário sua conformação em obra por meio de soldagem para posterior içamento em conjunto de duas tesouras cada.
Também para as estruturas com vão livre de 180 metros, sua preparação se deu em módulos que foram pré-montados e soldados em solo e lançados apoiando-se sobre torres provisórias. Após a conclusão dos içamentos e ligação de todos os módulos, foi executado o tensionamento dos tirantes e posteriormente as torres foram removidas, ficando assim, o vão totalmente livre.
A Arena Corinthians serviu de abertura para a Copa do Mundo de 2014.

Saiba Mais

Arena Handebol

A Brafer foi contratada para executar o detalhamento, fabricação, pintura e montagem da cobertura e da arquibancada da Arena Handebol, no Rio de Janeiro.
Envolvendo as fábricas de Araucária e Rio de Janeiro, o projeto teve um volume de aproximadamente 2.700 toneladas, divididas em 1.400 toneladas para a cobertura, 1.100 toneladas para a arquibancada e outras 200 toneladas para escadas e rampas de acesso ao estádio.
O cronograma de execução foi do tipo fast-track, onde os processos de fabricação e montagem se sobrepuseram, otimizando ao máximo o cumprimento do prazo.
Uma particularidade dessa montagem foi a sequência efetuada, inicialmente foi feita a cobertura e depois a arquibancada, pois essa era apoiada na cobertura.
Para a montagem das tesouras de 90 metros de comprimento e 75 toneladas de peso, a Brafer contou com 2 guindastes, um de 220 toneladas e outro de 160 toneladas.
A Arena Handebol é um dos cartões de visita da Brafer para as Olimpíadas de 2016.

Saiba Mais

CAP S/A – Arena dos Paranaenses

A Brafer e o Clube Atlético Paranaense são parceiros históricos. Em 1999 a Brafer foi contratada para montar aproximadamente 1.000 toneladas de estruturas para o primeiro estádio do Brasil a ter cobertura e fechamento lateral em aço, sendo considerado até 2007 como o estádio mais moderno da América Latina.
Na reforma do complexo para a Copa do Mundo de Futebol de 2014, a Brafer foi contratada pelo CAP SA para fabricar, galvanizar, pintar e montar 5.500 toneladas de estruturas metálicas da nova cobertura.
O processo de montagem foi um desafio à parte, pois pelo projeto da obra, a cobertura tem o maior vão livre de estádio no Brasil, de aproximadamente 200 metros. Duas vigas principais, de aproximadamente 1.300 toneladas cada uma, foram montadas em módulos de 20 metros e apoiadas numa viga de escoramento para vencer o vão. Somente após a montagem completa de cada vão que foi possível descimbrar a estrutura para remoção do escoramento.

Saiba Mais

Estádio Nilton Santos – Engenhão

A Brafer foi contratada, pelo consórcio Engenhão, composto pelas empresas Odebrecht e OAS, para a restauração do Estádio de Futebol Nilton Santos, o Engenhão, localizado no Rio de Janeiro. Foram fornecidas 1.700 toneladas de estruturas no total.
Diferente de outras obras, a maior parte das estruturas foram para substituir e reforçar as estruturas atuais. O maior desafio do projeto foram as complexas treliças das passarelas, projetadas com softwares de visualização 3D, economizando tempo e evitando erros de montagem.

Saiba Mais

Maracanã

A Brafer foi contratada pelo consórcio Maracanã RIO 2014 para fornecer a arquibancada do estádio Mário Filho.
Em parceria com outras empresas, a Brafer forneceu estruturas de aço que suportam as placas de concreto pré-moldado das arquibancadas dos quatro setores do estádio, totalizando 4.000 toneladas.

Saiba Mais

EBN

A Brafer foi contratada pela CNO para fabricar, galvanizar, pintar e montar 4.700 toneladas de estruturas metálicas do Prédio Principal e Almoxarifado do Estaleiro da Base Naval da Marinha - EBN.
Os módulos da cobertura do Prédio Principal pesavam 70 toneladas e foram içados com um guindaste de 500 toneladas, a mais de 40 metros de altura.
Devido a grandes dimensões das peças, essa obra marcou o início do processo de metalização na Brafer, por especificação, o acabamento solicitava galvanização e pintura das peças, porém as dimensões das peças eram incompatíveis com as da cuba de galvanização. Para solucionar esse impasse, a Brafer adquiriu e iniciou o processo de metalização de grandes peças em suas fábricas.
Na montagem temos como destaque a pintura intumescente feita em obra e o içamento das monumentais colunas com 3 metros de largura e peso e 16 toneladas cada.

Saiba Mais

Evonik

A Brafer foi contratada pela Evonik para fornecer e montar 1.900 toneladas de estruturas metálicas, que estão divididas entre Prédios de Processo e Pipe-rack. A Brafer também foi responsável pelo posicionamento dos primeiros grandes tanques nos prédios.
A Evonik está localizada em Castro, no Paraná.

Saiba Mais

Fiat

A Brafer foi contratada pela Fiat para fabricar e montar 2.620 toneladas de estruturas metálicas para o prédio de Prensas e Almoxarifado da sua unidade no município de Goiana, em Pernambuco.
A montagem teve uma produtividade acima do esperado para este tipo de empreendimento, devido a fabricação de vigas treliças já soldadas em fábrica.

Saiba Mais

Hyundai

A Brafer foi contratada pela Hyundai Motors para fabricação e montagem da cobertura metálica de um dos prédios que compõem a nova unidade da montadora, em Piracicaba, São Paulo.
O fornecimento total foi de 2.200 toneladas de estruturas metálicas para o Prédio Principal, com um alto nível de qualidade internacionalmente reconhecido. O cronograma de produção e montagem atendidos foram curtos, 8 meses da assinatura do contrato até a assinatura do termo de entrega. Em obra foram 3 meses para a montagem do galpão principal que constituía 95% do fornecimento. Para que a execução fosse possível, a Brafer realizou um trabalho simultâneo e sincronizado em suas duas fábricas.

Saiba Mais

Paccar

A Brafer foi contrata pela Paccar para fornecer e montar 3.500 toneladas que estruturas para os Galpões de Montagem, Prédio Administrativo, Pipe-racks e Suportes de Equipamentos.
A Paccar é uma empresa norte-americana, fabricante mundial de caminhões leves, médios e pesados, que oferece serviços financeiros e distribui peças de veículos comerciais e no Brasil escolheu a cidade de Ponta Grossa para sediar sua filial.
Na montagem o destaque foi a montagem da Cobertura do Galpão Principal, pré-montado em módulos de 2 tesouras, terças e contraventamentos, com comprimento de 36 metros e largura do módulo de 9 metros, sendo esses içados com auxílio de dois guindastes. O prazo acordado entre as partes foi atendido e a montagem foi executada em 5 meses.

Saiba Mais

Renault do Brasil

A Brafer foi contratada pela Renault para fornecer 3.500 toneladas de estruturas metálicas para a fábrica de motores e fábrica de utilitários, localizada na Região Metropolitana de Curitiba, na cidade de São José dos Pinhais, no Paraná.
Posteriormente, dentro do complexo da Renault, a Brafer forneceu e montou os galpões das linhas de montagem da Nissan.

Saiba Mais

Vega do Sul

A Brafer foi contratada pela Vega do Sul, pertencente ao grupo metalúrgico Arcellor Mittal, para fornecer e montar 2.600 toneladas de estruturas metálicas em São Francisco do Sul, Santa Catarina. A montagem foi realizada em um curto espaço de tempo e a Brafer foi ganhadora de um prêmio de segurança por ter executado toda a obra sem nenhum acidente de trabalho.
Para a expansão deste projeto, a Brafer foi contratada novamente pela Vega do Sul, foram 3.100 toneladas de estruturas metálicas que compreendem 6 galpões industriais. A montagem ocorreu em meio às chuvas que castigaram Santa Catarina, no ano de 2008 e mesmo em meio às adversidades, conseguiu montar os galpões nos padrões de segurança solicitados no menor prazo possível.

Saiba Mais

Anglo American

A Brafer foi contratada pela Anglo American para participar da construção de vários barracões para o maior mineroduto do mundo. Com um escopo inicial para 1.800 toneladas, o andamento dos trabalhos aumentou esta produção e ao todo a Brafer forneceu 6.400 toneladas e montou 2.850 toneladas de estruturas metálicas.
A Anglo American está localizada na cidade de Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais e liga a região da Mina da Anglo American ao Porto Açu, em São João da Barra, no Rio de Janeiro. O projeto tem capacidade de produção anual de 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro.
A montagem foi muito diversificada, pela grande variedade de tipos de estruturas que foram montadas, tais como Galpões, Pipe-racks, Plataformas de Equipamentos e Coberturas.

Saiba Mais

Cia. Minera Spence

A Brafer foi contratada pela antiga Aker Kvaerner, para fabricar estruturas metálicas da Planta de Mineração de Cobre, localizada em Sierra Gorda, no Chile.
Ao todo foram 1.750 toneladas de estruturas metálicas entregue em pleno deserto do Atacama, a cerca de 4 mil quilômetros da Brafer.
As estruturas foram projetadas a partir da maquete eletrônica PDS, com detalhamento feito integralmente em 3D e reincorporado à maquete PDS ao final do trabalho.

Saiba Mais

RPM: Rio Paracatu Mineração

A Brafer foi contratada pela RPM para fabricar e montar as estruturas da RPM, localizada em Paracatu, Minas Gerais.
Ao todo foram 4.500 toneladas de estruturas metálicas divididas entre os prédios de Moagem, Britagem e Pátio de Escoagem.
O Pátio de Escoagem possui 70 metros de abertura e 48 metros de altura, formando uma cobertura em “V” invertido, sendo ao todo seis pórticos com treliças espaciais para cobrir a área.
A montagem da cobertura do Silo iniciou com a pré-montagem de duas grandes partes, içadas simultaneamente com auxílio de dois guindastes, sendo um com capacidade de 300 toneladas e outro de 500 toneladas para serem unidas no topo.

Saiba Mais

Vale Itabiritos - Conceição

A Brafer foi contratada pela Vale para fornecer 4.300 toneladas de estruturas metálicas para a Planta de Beneficiamento de Minério de Ferro Itabiritos-Conceição.
Localizada em Itabiritos, Minas Gerais, as estruturas foram destinadas aos prédios da Britagem Secundária, da Deslamagem, de Reagentes, de Filtragem, de Empilhamento e Pipe-racks.

Saiba Mais

Votorantim Ferro - Níquel

A Brafer foi contratada pela Votorantim Metais para fabricar e montar 3.700 toneladas de estruturas metálicas para a planta de beneficiamento de Ferro-Níquel, localizada em Niquelândia, Goiânia.
As estruturas estão presentes no Prédio da Britagem Secundária, Carga e Descarga do forno de calcinação e Pirometalurgia.
Para o prédio da Pirometalurgia a Brafer fabricou colunas de viga-caixão com 44 toneladas.

Saiba Mais

Aeroporto Internacional de Guarulhos

A Brafer foi contratada pela OAS para desenvolver, fabricar e montar as estruturas do novo Terminal Internacional do Aeroporto de Guarulhos, uma cobertura de 27 mil m² montada sobre lajes e pilares de concreto.
Ao todo, foram 1.800 toneladas de estruturas metálicas tubulares. Para a montagem das estruturas foram utilizados guindastes com capacidade de içar até 800 toneladas e trabalhar em alturas superiores a 100 metros.
O maior desafio do projeto foi sincronizar a cobertura do Terminal Internacional com as outras obras que aconteciam ao mesmo tempo, sem acessar o interior do prédio e tomando cuidado com o grande fluxo de pessoas.
A Brafer também montou a fachada, cobertura do terminal e cobertura do viaduto dos passageiros. Os prazos foram um desafio a parte, pois esse terminal deveria estar pronto para a copa de 2014.

Saiba Mais

Jornal O Globo

Parque gráfico do jornal O Globo, localizado em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Sua marquise é sustentada por 22 colunas inclinadas e delgadas, possuindo um grande painel de vidro que facilita a entrada de luz natural, deixando visível o interior do prédio e todo o processo de impressão dos jornais.

Foram utilizadas 800 toneladas de aço, para um total de 67.000m² de área construída.

Saiba Mais

Nosso Centro Gamek

A Brafer foi contratada pela CNO para fornecer e montar as estruturas metálicas do Nosso Centro Gamek, em Luanda, Angola.
A mão-de-obra especializada foi transferida temporariamente do Brasil para Angola e os equipamentos foram locados na cidade.
O Nosso Centro Gamek comporta uma estrutura montada em área de 10.000 m² e abriga unidades de serviço público e privados, bem como lojas e áreas comerciais.
A montagem ocorreu em um período de 7 meses, sendo que as estruturas metálicas eram aparentes e precisavam apresentar alta qualidade de acabamento. Além da montagem das estruturas a Brafer foi responsável também pela montagem das telhas de cobertura.

Saiba Mais

Ópera de Arame

A Brafer foi contratada para fabricar e montar a Ópera de Arame, em Curitiba, Paraná.
O Teatro tornou-se um dos mais destacados pontos turísticos da capital. Pesando 360 toneladas, a obra foi construída com tubos e outros materiais em formato artístico. Seus arcos formam a cúpula principal, com diâmetro de 24 metros. Os 2.400 bancos são feitos em tela de arame.

Saiba Mais

Shopping Estação Convention Center

A Brafer foi contratada para fabricar e montar as estruturas do Shopping Estação, em Curitiba-PR. As estruturas executadas foram o Centro de Convenções, os 5 pavimentos de estacionamento e o heliponto, totalizando em 1.750 toneladas.
Foram fabricadas estruturas em treliças, com vãos livres de 64 metros e 14 metros de altura, suportanto os 5 pavimentos em laje de concreto armado, moldados sobre steel deck. A cobertura do Convention Center foi apoiada em tesouras com vãos livres de 47 metros, dimensionadas para suportar equipamentos de climatização.
Por se tratar de uma obra localizada no centro de Curitiba, não foi utilizado guindaste para o içamento das tesouras, elas foram içadas em partes, com auxílio de torres de montagem, o uso desse equipamento não interrompeu o fluxo normal nas vias de principal acesso a cidade.

Saiba Mais

FPSO Cidade de Ilha Bela

A Brafer foi contratada pela SBM-Offshore, estruturas metálicas de módulos e pancakes para o navio FPSO Cidade de Ilha Bela.
Esta unidade é utilizada para explotar o prospecto de Guará Norte, tem capacidade de produção de 150.000 barris de petróleo por dia e comprimir 6 milhões de m³/dia de gás natural.

Saiba Mais

FPSO Cidade de Mangaratiba

A Brafer foi contratada pela Toyo-Modec para fornecer as estruturas de módulos e pancakes para o FPSO Cidade de Mangaratiba.

Saiba Mais

Oil & Gas

Desde 2010, a Brafer atua no mercado de Oil & Gas. E por seu excelente parque industrial e conhecimento na área de estruturas metálicas, foi trilhado um caminho de sucesso nesta nova empreitada.

Saiba Mais

Saiba Mais

P-51

A Brafer foi contratada pela Petrobras para fornecer 44 toneladas de estruturas metálicas para a torre de comunicações para a plataforma P-51, localizada em Angra dos Reis, Rio de Janeiro.
A estrutura é protegida por metalização de alumínio acrescido de pintura e foi fabricado de acordo com os rigorosos padrões exigidos pela Petrobras.

Saiba Mais

Poy Pet 

A Brafer foi contratada pela CNO para fornecer 4.500 toneladas de estruturas metálicas para a planta de Poy Pet da Companhia Petroquímica de Suape, em Ipojuca, Pernambuco.
As estruturas compõem os prédios de Polimerização Poy Suape, Prédio do Pet SSP e Prédio do HTM.

Saiba Mais

Arauco

Estruturas de suporte da Caldeira de Força e Caldeira de Recuperação da Kvaerner Pulping, em Itata, no Chile.

A caldeira de recuperação, com aproximadamente 90 metros de altura, tem em seu topo grandes vigas que a suportam, já que é suspensa por tirantes. Para tanto, fornecemos 4.700 toneladas.

Saiba Mais

Bahia - Pulp

A Brafer foi contratada para detalhar, fabricar, pintar, galvanizar e montar as estruturas metálicas para a expansão da planta de papel e celulose hidrossolúvel da Bahia-Pulp, em Camaçari – Bahia.
Foram fornecidas 2.700 toneladas de estruturas metálicas para o Pipe-rack, Prédio de Secagem, Prédio de Cozimento, Turbogerador e Planta Química.
A Brafer foi responsável por diversas montagens de estruturas metálicas, inclusive estruturas de outros fornecedores.

Saiba Mais

Caldeira de Recuperação - Klabin

A Brafer foi contratada pela CBC para fornecer as estruturas metálicas para a maior caldeira de recuperação do mundo em termos de pressão. Projeto da nova fábrica da Klabin – Projeto Puma, em Ortigueira, no Paraná.
A estrutura fornecida pesa cerca de 5,5 mil toneladas e tem mais de 80 metros de altura. Já as vigas da parte superior da caldeira, tem 5 metros de altura e pesam mais de 80 toneladas.
O projeto rendeu o recorde da peça mais pesada fabricada pela Brafer: 5 metros de altura, 22 metros de comprimento, 1.428 furos, 83 toneladas e face usinada para garantir a perfeita montagem em campo e transferindo apenas as cargas por contato.
A estrutura fornecida atende a rigorosos padrões dimensionais e de solda, além de possuir um processo de pintura de alta complexidade, que garante sua durabilidade.

Saiba Mais

CMPC

A Brafer foi contratada pela Andritz, para fornecer as estruturas metálicas para a expansão da planta de papel Santa Fé, em Nascimiento, no Chile.
Ao todo foram fornecidos 4.600 toneladas de estruturas metálicas, entregues por via terrestre e dentro do prazo e qualidade desejadas pelo cliente, a 3.700 quilômetros de distância da Brafer.

Saiba Mais

Masisa

A Masisa, empresa líder em fabricação de MDF e MDP para móveis e arquitetura de interiores, contratou a Brafer para produzir e montar 3 prédios de processos em Ponta Grossa, Paraná. Ao todo foram fornecidas e montadas 4.600 toneladas de estruturas metálicas.

Saiba Mais

Metsä Fibre

A Brafer foi contratada pela empresa finlandesa Metsä Fibre para participar do maior investimento privado do Uruguai.
Localizada às margens do Rio Uruguai, em Fray Bentos, a Brafer forneceu e montou 5.000 toneladas para o Pipe-rack, Prédio de Armazenamento de Celulose, Harbour Shelter, Prédio Administrativo, Main Gate Canopies, Plataformas de Turbina, Postes de Iluminação e Torres de Escadas.

Saiba Mais

Pipe-rack – Klabin

A Brafer foi contratada para fabricar 80 módulos para a nova planta da Klabin – Projeto Puma. O projeto possui um fornecimento total de 2.200 toneladas de estruturas metálicas e elementos de fixação.
A Brafer fabricou os pipe-racks mais pesados da obra e um dos maiores já criados em fábrica. Os módulos chegaram a pesar 105 toneladas e ter 29 metros de comprimento.

Saiba Mais

Pipe-rack – Linha de Fibras e Cozimento – Klabin

A Brafer forneceu para a Andritz, dentro da planta da Klabin – Projeto Puma, o Pipe Rack da Linha de Fibras com aproximadamente 400 toneladas. Essa estrutura foi inteiramente pré-montadas em fábrica, incluindo a tubulação que chegou a 300 toneladas.
Os módulos foram transportados inteiros para a obra, onde as estruturas foram montadas com parafusos e a tubulação fixada com solda.

Saiba Mais

Arco Metropolitano

A Brafer foi contratada pela OAS para fabricar e montar 2 pontes e 4 arcos metálicas entre o trecho de Duque de Caxias a Itaguaí, no Rio de Janeiro.
Ao todo, foram 1.800 toneladas de aço COR-350, com acabamento superficial pintado.
A montagem foi realizada com as peças inteiramente soldadas em obra e para o içamento foram utilizadas torres provisórias de sustentação dos tabuleiros e das cordas superiores dos viadutos.

Saiba Mais

Ponte Nova Dutra

A Brafer foi contratada pela CCR Nova Dutra para fabricar e montar uma ponte de estrutura metálica na rodovia. A escolha da responsável pela concessão se deu em decorrência da agilidade no processo construtivo e da capacidade que as estruturas metálicas têm de vencer grandes vãos.
A produção desta ponte aconteceu nas duas unidades para atender ao prazo do contrato. A ponte é constituída de 3 vãos de 40 metros, cada um com quatro vigas metálicas, que foram montadas duas a duas e em conjunto pesam 45 toneladas. As 300 toneladas de estruturas metálicas foram montadas sob uma rede de alta tensão de 440KV e sem interdição de tráfego.

Saiba Mais

Ponte PA 150

A Brafer foi contratada pela Vale para fabricar e montar a ponte sobre a rodovia PA – 150, localizada em Marabá, Pará.
A ponte foi fabricada com aço COR-350 e é comporta por um vão de 32 metros e mais dois de 20 metros.
Durante o processo de montagem o vão central de 32 metros foi dividido em 3 partes: uma com 12 metros e duas com 10 metros, onde o conjunto final deste vão foi soldado em campo e içado em seu comprimento total com auxílio de guindaste com capacidade de 500 toneladas.

Saiba Mais

Pontes Ferroviárias

A Brafer foi contratada pela VALE para montar 3 pontes ferroviárias no Maranhão e no Pará.
As pontes estão localizadas nos municípios de Buriticupu – MA, Santa Inês – MA e Parauapebas – PA. A primeira tem comprimento total de 140 metros, a segunda de 60 metros e a terceira de 100 metros, todas são divididas, proporcionalmente, em vãos de 20 metros.
Estas pontes foram soldadas em campo e içadas em seu comprimento total com guindastes de capacidades que variavam de 220 a 500 toneladas.

Saiba Mais

Viadutos Rodoviários

A Brafer foi contratada pela Vale para fabricar e montar 19 viadutos rodoviários sobre os mais de 900 km de ferrovia que liga a Refinaria de Carajás – PA ao Porto de São Luís – MA.
O fornecimento total desta obra é de aproximadamente 1.200 toneladas, que são divididas entre os 19 viadutos. Destes, 18 são fabricados com aço COR-300 e 1 foi fabricado com aço COR-350.
As estruturas foram pré-montadas através de ligações parafusadas e içadas em conjuntos de vigas utilizando guindastes que variavam de 220 a 500 toneladas.

Saiba Mais

TKCSA

A Brafer foi contratada pela TKCSA: Companhia Siderúrgica do Atlântico Thyssen Krupp, para fornecimento de 30.000 toneladas de estruturas metálicas para as plantas de Sinterização, de Aciaria, de Energia, Pipe-racks e Galpão de Lingotamento.
A TKCSA é a maior siderúrgica da América Latina e está localizada na cidade do Rio de Janeiro.

Saiba Mais

VSB

A Brafer foi contratada pela Vallourec & Mannesmann e Sumitomo Metals, para o fornecimento e montagem de estruturas metálicas para a Usina de Jeceaba. Participando do empreendimento com 10.000 toneladas de estruturas metálicas para os prédios de Laminação, Gusa e Aciara.
A Vallourec & Sumitomo do Brasil - VSB é uma empresa siderúrgica brasileira pertencente à Joint Venture formada pelo grupo francês Vallourec e pelo japonês Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation (NSSMC) e tem a capacidade de produzir 1 milhão de toneladas de aço bruto anualmente
O complexo de Laminação da usina exigiu detalhamento especial devido as estruturas tubulares com ligações soldadas ou flangeadas. O processo foi realizado por robô automático de recorte em fábrica.
A montagem foi constituída de sete galpões germinados e montados quase que simultaneamente. O maior desafio foi durante a montagem do galpão principal da Galvanização, onde os guindastes para içamento das tesouras de cobertura ficaram posicionados na lateral do prédio em um nível inferior ao piso e enquanto a cobertura era montada, havia outra equipe em paralelo fazendo o piso industrial desta área.

Representante

Juiz de Fora recebe fábrica Perfiminas

Leia

Olimpíadas Rio 2016: Brafer participa das obras de preparação do evento esportivo

Leia

Fabricação de Torres ganha destaque na Brafer

Leia

Brafer pratica o reflorestamento de Araucárias

Leia

Brafer se consagra na fabricação de pontes e viadutos

Construções com vigas metálicas representam vantagens frente à materiais convencionais.
Leia

Juiz de Fora recebe fábrica Perfiminas

Estrutura do prédio já está praticamente completa

As obras da Perfiminas no Centro Industrial de Juiz de Fora alcançam sua fase final. Instalada num terreno com área de aproximadamente 100 mil m2 e com uma área construída 22 mil m2, a nova fábrica tem previsão de iniciar suas operações no mês de setembro de 2015, com uma capacidade de produção de aproximadamente 1000 toneladas mensais.

Marino Garofani, diretor presidente da Brafer, explica que a unidade será uma empresa totalmente independente da Brafer, com diretoria própria e que será uma fornecedora para os fabricantes de estruturas metálicas, construtoras, estaleiros e fabricantes de maquinas. “A Perfiminas fabricará perfis soldados, perfis laminados e chapas já cortados e furados e demais peças em aço, prontos para o uso para o mercado de construção”, afirma.

Garofani comenta também que a realização desta nova unidade, demonstra a confiança que a empresa tem no país e no crescimento do mercado nos próximos anos e que o seu principal diferencial é o fato de que a Perfiminas será uma fábrica inteiramente nova, mas construída com base na experiência acumulada pela Brafer nos seus 40 anos de existência.

Segundo o Arismar Brunatto Filho, Gerente Industrial da Perfiminas, toda a estrutura da unidade industrial já está montada, coberta, com as pontes rolantes já operando e com os edifícios de apoio, escritórios, portaria e balança já prontos. “No momento, estamos finalizando o piso da fábrica conforme o layout previsto, no qual estão sendo abertas as canaletas para passagem de fiação elétrica que abastece as máquinas, bem como tubulações de gases”, explica ele, que informa ainda que a indústria contará com os equipamentos mais modernos disponíveis a nível mundial, garantindo grande eficiência na produção dos componentes metálicos, aliada à qualidade e a custos competitivos.

Olimpíadas Rio 2016: Brafer participa das obras de preparação do evento esportivo

A Arena Deodoro, que receberá a modalidade de esgrima, deve ser finalizada em dois meses

É difícil encontrar algo que una mais a população brasileira do que os eventos esportivos, e o Brasil passa por uma onda de investimentos nessa área que não para de crescer: ano passado recebeu a Copa do Mundo e logo mais, em 2016, será a sede das Olímpiadas. Porém, grandes eventos trazem consigo a responsabilidade de uma boa estrutura.

O Rio de Janeiro, que será a sede das Olimpíadas, é a cidade que mais recebe investimentos e construções para o grande evento do ano que vem. Uma dessas obras é a Arena Deodoro, que possui grande parte de sua estrutura produzida pela Brafer e será a casa para a modalidade de esgrima, nas Olimpíadas, e de esgrima em cadeira de rodas, nos jogos Paralímpicos.

Jackeline Munike dos Santos, responsável pela gerência de Contratos da Brafer, comenta que a empresa é a responsável por fornecer as estruturas metálicas para a arquibancada e para a cobertura da Arena Deodoro, assim como para os vestiários, arquibancada e sanitários do hóquei, estruturas para os estandes do centro de tiro e para a rampa do BMX. “A fabricação das estruturas teve início em março de 2015 e a montagem deve ser finalizada em agosto de 2015. Os prazos são bastante desafiadores, mas houve um grande trabalho de planejamento e envio de peças na sequência correta, o que possibilitou a entrega na obra sempre dando frentes de montagem”, explica.

A Arena, que fica na Região Deodoro, ampliará o legado dos Jogos Pan-americanos Rio 2007, e, segundo Jackeline, é uma das principais obras da carteira atual da Brafer. “Com esta construção a Brafer se tornou a responsável por alguns dos principais projetos em estruturas metálicas para as Olimpíadas e o esporte em geral, pois, além da participação no chamado ‘complexo Deodoro’, também participamos da fabricação das obras do Handebol, dos atuais ajustes do estádio do Engenhão e de obras da Riomais”, explica Jackeline, que lembra que o içamento das tesouras, principal ponto da arena, já está em vias de ser concluído.

Fabricação de torres ganha destaque na Brafer

Segmentos de energia e de telecomunicação movimentam produção

A Brafer se envolve em diversos segmentos da construção e está em constante processo de atualização, tendo como foco manter seu elevado padrão de qualidade. Em 2015 um dos destaques da empresa tem sido a fabricação de torres, que representa cerca de 17% da produção da Brafer.

Segundo o gerente Comercial da Divisão de Torres, Muriel Bendo, atualmente a Brafer está com contratos para a produção de 4.137 toneladas de estruturas para torres de energia e outras 1.710 toneladas de estruturas de torres voltadas para a telecomunicação. “Apostamos nos segmentos de telecomunicação e energia para manter nossa força de trabalho ativa”, afirma.

O gerente lembra que a Brafer é uma empresa com grande capacidade de diversificação de portfólio e que foca no mercado de infraestruturas em geral. “Com décadas de experiência e uma equipe altamente qualificada, a Brafer tem a capacidade de oferecer os melhores serviços na área de construção, com agilidade e qualidade”, completa.

O gerente destaca a modernização no processo produtivo para a fabricação de torres na Brafer. Atualmente, a empresa faz uso de máquinas CNC com capacidade de preparação de cantoneiras de até L8"x3/4", que garantem precisão, qualidade e sistema sofisticado de otimizações para um excelente aproveitamento de matéria-prima, além de processos mais rápidos e seguros. “Também temos controle de 100% dos materiais produzidos, inclusive com histórico de rastreabilidade de matéria prima e informações sobre a fabricação. Estamos finalizando a implantação do apontamento eletrônico, através de código de barras. Com isso, os gestores terão uma visão, quase que em tempo real, do andamento da preparação de todos os contratos, facilitando tomadas de decisões”, finaliza.

Brafer pratica o reflorestamento de Araucárias

Boas práticas ambientais fazem parte da política da empresa

A Brafer está sempre atenta aos impactos que suas atividades geram no meio ambiente, buscando adequar a sua rotina e processos de maneira que sejam mais sustentáveis, causando menos dano ambiental. Entre as ações de sustentabilidade praticadas pela empresa, que é certificada pela norma ISO 14001 – Gestão Ambiental, está a manutenção de uma Área de Preservação Permanente de 20 hectares em uma região próxima à Brafer Araucária, além do plantio de espécies nativas em áreas localizadas dentro da própria empresa.

O Supervisor de Gestão Ambiental da fábrica de Araucária, Adalto Kuduavski, comenta que desde 2006 a empresa tem um programa contínuo de reflorestamento das áreas da sede, visando a plena recuperação de espaços que antes estavam totalmente desmatados ou que ainda estão ocupados por espécies exóticas, como o eucalipto: “Existe um local na área de preservação ambiental dentro da Brafer que é ocupado por espécies exóticas e o objetivo é substituí-las por plantas nativas como o Pinheiro Araucária, também conhecido como Pinheiro do Paraná, uma espécie ameaçada de extinção”, explica ele.

O supervisor ressalta que o principal objetivo do reflorestamento é compensar os impactos ambientais associados à atividade de cada setor da empresa e melhorar o ambiente de trabalho. “Já avançamos muito, temos várias áreas de preservação permanente, trabalhamos o reflorestamento com uso de espécies nativas, já tendo plantado cerca de 300 mudas de árvores na Brafer. Entendo também que a participação de diversos colaboradores têm feito a diferença.” lembra ele, que diz que rotineiramente muitas pessoas levam mudas de árvores que ganharam ou cultivaram para serem plantadas na área da empresa.

Com o crescimento das árvores e outras vegetações nativas da região, áreas importantes para a empresa ficam protegidas, como o córrego Arroio 5, afluente do Rio Barigui que percorre a Brafer. “Esta proteção é fundamental para nós”, exalta.

A Brafer, além de buscar qualidade e excelência em seus produtos, é uma empresa que possui consciência da responsabilidade das empresas quando se trata de questões ambientais. “Todos ganhamos com esta postura, afinal, ao plantar uma espécie, são criados locais de apreciação e estudos, além da oportunidade de observar diariamente a sua evolução”, acrescenta Adalto.

Brafer se consagra na fabricação de pontes e viadutos

Construções com vigas metálicas representam vantagens frente à materiais convencionais

A versatilidade da Brafer dentro do segmento de construções faz com que a empresa se consagre como referência em alguns setores. Um dos maiores investimentos atuais da companhia é em obras de arte especiais (pontes e viadutos). Atualmente, um terço do valor que a Brafer tem em carteira para fabricar é dedicado a esse segmento.

Débora Ferreira, Gerente Comercial de Pontes e Viadutos da Brafer, comenta que as construções com vigas metálicas, quando comparadas às vigas de concreto, tornam-se muito mais leves – e, com isso, os custos de frete e montagem são expressivamente reduzidos. Além disso, em razão do menor peso próprio das vigas, há também uma economia importante nos custos de pilares e de fundações. Outra vantagem é o tempo de execução e montagem. “A ponte em estrutura metálica leva muito menos tempo de execução do que as tradicionais de concreto”, explica.

Por serem de execução mais rápida e mais leves, as vigas metálicas fazem com que exista uma redução nos custos indiretos, maior disponibilidade de área em canteiro e possibilidade de antecipar a produção das peças em fábrica para a entrega em períodos mais adequados à obra. Débora destaca que a Brafer utiliza o aço com alta resistência à corrosão, cuja característica principal é a de dispensar pintura.

A Brafer, além de fabricar e montar as estruturas metálicas, está apta a apoiar o cliente em soluções de engenharia que melhor se adequem ao projeto, tanto em otimização de projetos já nascidos em aço, como nos alternativos para estruturas de concreto.

Dentre suas inúmeras e mais recentes obras de pontes e viadutos destacam-se: 06 pontes do Arco Metropolitano, no Rio de Janeiro; 04 pontes e 17 viadutos para a Vale no Complexo da Estrada de Ferro Carajás; e a ponte Nova Dutra, em Guarulhos, São Paulo. Além dessas obras, já concluídas, a Brafer também está fabricando e montando outras seis pontes e dois viadutos, sendo: o Viaduto Kennedy, para a OAS-Contran, no BRT de São Bernardo do Campo/SP; o Viaduto TransOlímpica, no bairro de Deodoro, Rio de Janeiro/RJ; 05 pontes para a duplicação da BR-163, em Rondonópolis/MT, para a Odebrecht; e ponte ferroviária sobre o Rio Grande, para a Tiisa/Valec, na Ferrovia Norte-Sul (trecho contínuo de 250 metros com vão central de 125 metros).